RSS

Terrible Two!


Ai ai, pra variar me contradigo sobre mais uma coisa em relação a educação das crianças, sempre achei que criança mal educada era a culpa dos pais, mas nem em todos os casos isso tem a ver.
Aqui por exemplo entramos na temida fase do "Terrible Two" (achei que isso fosse apenas uma teoria, me enganei). De uns dias pra cá noto que a Manuella tem mudado um pouco seu comportamento, não obedece, sempre dizendo "não" pra tudo, está um pouco agressiva quando é contrariada, parece que faz as coisas de propósito.
O "Terrible Two" é a fase em que a criança está se desenvolvendo para a sua independência, só que ela ainda não tem uma linguagem suficiente ou qualquer outro meio de manifestar suas necessidades e as suas frustrações a não ser com choros, birras e a negatividade.

Quando a criança nessa idade, começa a dizer Não à Mãe, está dizendo SIM a SI Mesma. ( Françoise Dolto)

Vou falar que essa fase é bem difícil, aliás acho que foge do controle de nossas mãos, pois ao mesmo tempo que podemos "mandar" nos filhos, não podemos simplesmente passar por cima das vontades deles, afinal são seres humanos também, tem sua própria personalidade, e por mais que somos mães não podemos obrigá-los a viver como queremos. Ai que entra um exercício de respiração funda, contagem até 1.000, pensar na borboleta azul que está voando no jardim, tudo pra não perder a paciência e soltar aquele belo grito. Aliás vão ser dois modos diferentes de gritar, o filho dando seus primeiros gritos de independência e você dando seus gritos de sem paciência. Vai resolver alguma coisa? Claro que não! Quanto mais rápido seu filho tiver a impressão de que é ele quem toma as decisões da sua própria vida, mais rápido ele passara por essa fase.
Portanto, lendo muito sobre esse assunto, os conselhos que eu consegui cai apenas em um só lugar:

Paciência, muito amor e compreensão!

Boa Sorte pra nós que acabamos de entrar em um novo ciclo da vida!

2 comentários:

Ale Milani - Mãe disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Lais Lima disse...

Ai amiga estamos no emsmo barco entao!!! força para nos rsrsr

Postar um comentário